Atualmente, os alimentos termogênicos, ou seja, aqueles que auxiliam na queima de gordura corporal, têm ganhado grande destaque entre os que procuram perder peso e ganhar em qualidade de vida. Curiosamente, uma substancia muito presente na vida da maioria das pessoas acaba sendo deixada de lado, e se trata da cafeína.

Presente no café e em diversos outros produtos, os benefícios da cafeína no emagrecimento são cada vez mais reconhecidos por nutricionistas e por outros especialistas da área de saúde. Se o café já foi considerado um vilão, hoje, com os novos estudos, os papéis se inverteram e a cafeína é uma grande aliada contra o ganho de peso.

 

Muito além do café

Antes de elencarmos os benefícios da cafeína no emagrecimento, é preciso salientar que o café não é a única fonte de cafeína. Embora seja o café o produto rico em cafeína mais conhecido e consumido no país, esse cenário é basicamente cultural. Somos acostumados ao café pela manhã e apelamos para uma dose extra ao longo do dia, toda vez que sentimos o nível energético e de concentração diminuírem.

Diversos outros produtos naturais contêm cafeína, e entre os principais estão o chá e outras bebidas à base de erva mate, o cacau, o fruto do guaraná e a noz de cola, além de outras folhas usadas em chás naturais.

A cafeína também é produzida sinteticamente e adicionada a suplementos alimentares, produtos industrializados e remédios, principalmente antigripais, analgésicos e anti-inflamatórios.

 

Conheça mais sobre os benefícios da cafeína no emagrecimento

Desde que em doses aceitáveis, a cafeína, em suas mais diversas formas, apresenta benefícios para o emagrecimento. Por sua capacidade termogênica, ela favorece o aumento do metabolismo e é coadjuvante na queima de calorias. Além disso, alguns efeitos diretos da ação da cafeína também colaboram no controle do peso corporal:

  • Efeito energético – o mais conhecido efeito da cafeína é aumentar o nível de energia e disposição. Isso acontece porque essa substancia age no sistema nervoso central, facilitando a capacidade de concentração e liberando neurotransmissores que melhoram o ânimo do quem consome a cafeína. Com mais energia, a propensão ao movimento físico é maior, e muitas pessoas se utilizam da cafeína antes de atividades físicas, ganhando mais energia para os exercícios.
  • Efeito diurético – a cafeína estimula também o funcionamento dos rins, o que favorece a eliminação de líquidos. Portanto, pessoas que sofrem com retenção de líquidos podem ser beneficiadas com essa propriedade da substancia.
  • Inibidor de apetite – um dos principais benefícios da cafeína no emagrecimento é o seu efeito inibidor de apetite, já que o aumento do nível energético suprime a vontade de comer. O hábito de consumir cafeína irá aumentar a saciedade e evitar refeições fora de hora.
  • Aumento da capacidade cardiovascular – estimulante natural, a cafeína favorece a dilatação dos vasos cardíacos, aumentando o fluxo sanguíneo e colaborando assim para a oxigenação de todo o organismo, o que contribui para a queima de calorias.

Use a cafeína com sabedoria

Vimos aqui diversos benefícios da cafeína no emagrecimento, no entanto, não se deve considerar a substância como miraculosa. Assim como diversas outras substancias, ela deve ser ingerida de forma controlada, e deve-se levar em conta fatores particulares, como o sexo, a idade e a condição geral de saúde de cada indivíduo.

Vale ressaltar ainda que se a cafeína for consumida através do café, a forma mais tradicional, é preciso ter cuidado com as porções de açúcar que irão acompanhar a bebida, pois do contrário os efeitos benéficos da cafeína no emagrecimento serão anulados pelas calorias contidas no açúcar.

Estudos atuais indicam que a ingestão média segura da cafeína varia entre 200 e 300g diárias de café ou outra bebida, ou seja, algo em torno de 70 a 150 mg de cafeína. Nessa dosagem, a cafeína pode ser considerada segura, sem as contraindicações mais conhecidas, que são a dependência, insônia, agitação e em casos mais severos, até mesmo taquicardia e aumento da pressão arterial.

 

Consumo alternativo da cafeína

Como vimos, não é apenas no café que encontramos essa substância, portanto, uma opção prática para obter os benefícios da cafeína no emagrecimento é consumi-la de outras formas. Existem suplementos e cápsulas de cafeína, que sendo de origem segura podem substituir uma xícara de café.

A ingestão dos demais produtos ricos em cafeína também podem fornecer as doses diárias necessárias, mantendo a atenção, a energia e de quebra, atuando como coadjuvante na manutenção ou na perda de peso corporal.

 

Redator: Emerson dos Santos

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked*

%d blogueiros gostam disto: